Regras da Comunidade

Para que se mantenha uma cultura de entreajuda na comunidade, deve aplicar preços justos a cada viagem. Para as roupas de criança esse preço é 3€ ou 5€ por peça. Assim, se estiver a introduzir roupa para gémeos deve pedir 2x3€ ou 2x5€, isto é 6€ ou 10€.

 

Em produtos de puericultura e roupa e acessórios para mamãs, o preço, apesar de ser livre, deve cumprir as mesmas boas práticas.

 

As Peças de Amor serão transacionadas com o valor simbólico de 1€, pois são doações ao projeto.

 

As lojas em segunda mão beneficiam de um estatuto que lhe permite definir um preço diferente para as roupinhas de criança.

Back to Top

Esta é a primeira coisa que me perguntam quando explico em que consiste este projeto. A resposta é não. Não é uma plataforma de aluguer por várias razoes. Mas sim, o aluguer seria o conceito mais próximo.

No projeto Roupinhas Com História há dois intervenientes. A família A cede uma quantia simbólica em roupinhas - máxima de 5€ - à família B. Não se trata de um aluguer porque o foco nem é o dinheiro nem existe, em momento algum, uma relação entre as duas partes. A família B vai receber as peças de A e tratá-las como sendo suas, se estragar, estragou. O projeto conta com formas de perceber se está a acontecer um comportamento desapropriado por parte de quem participa. Cuidar das roupinhas e dar-lhes valor são as máximas por aqui. Sim, essas peças que estiveram fechadas em caixas meses ou anos, passarão aqui a ter nova vida e poderás segui-las através do perfil dos vários utilizadores.

Roupinhas com História é um novo conceito, distinto, que ainda não existia: partilha em "boomerang". Partilhamos uma e outra vez até precisarmos ou querermos de volta.

Back to Top